Entrevistas

13 - "André Rieu homenageia vítimas de NY"

Ao jornal holandes "De Telegraaf", em 11 de setembro de 2002

Tradução: Sonja Harper/MérciaCosac

“André Rieu irá, hoje, quarta-feira, 11 de setembro, contribuir, à sua maneira, para as homenagens em memória do desastre ocorrido com as Torres Gêmeas. Ele tocará uma música especialmente composta para esta data, cujo vídeo-clip foi gravado com antecedência, nos canais de TV americanos CNN e Fox, em um programa que será transmitido para todo o mundo.

O título dessa música é "Lost Heroes", composta por André, em parceria com seu irmão Jean-Philippe, e letra escrita por sua esposa Marjorie.

André diz: “Essa melodia já foi apresentada em Margraten, durante a homenagem aos soldados americanos que morreram durante a Segunda Guerra Mundial. Marjorie escreveu uma nova letra para essa composição, em memória das vítimas do 11 de setembro, ano passado, em Nova York.

É uma letra comovente e tocante que traduz nossos sentimentos em palavras. Penso que, apesar da minha pesada carga de trabalho tinha de contribuir com essa homenagem, como forma de demonstrar meus sentimentos em melodia e letra, interpretada pela cantora lírica holandesa Kelly God.”

André Rieu está agora com um pé também na América. Após quatro turnês de sucesso, e três apresentações com casa lotada no Radio City Music Hall, recentemente ele assinou contrato, de um milhão de dólares, com a gravadora "Denon Classics", que promoverá Rieu, como nunca visto nos EUA; ele já tem até um apelido: "O Mel Gibson do violino".

No entanto, André Rieu permanece fiel a seu público holandês apesar da sua sobrecarregada agenda internacional; ele deverá apresentar-se no sábado à noite, dia 21 de setembro, no Ahoy Hall, em Rotterdam, que será seu único concerto na Holanda por enquanto.

“Estou realmente na expectativa desse concerto”, revela André.

Rieu, que por esses dias estará voando para a América, tem concertos agendados no Japão, França, Alemanha, etc.

E Rieu, conta, cheio de emoção:" Toca-me muito profundamente que nossos concertos tenham tanto sucesso internacional, mas nunca vou esquecer o início, na Holanda. Sou muito grato ao público holandês, que há poucos anos atrás, aceitou a mim e à minha música."

Rieu é um dos poucos artistas que não teve maiores problemas com o "downloading" ilegal de seus CDs pela Internet, como aconteceu com vários outros astros "pop".

Por sorte, meu público não se interessa por esse tipo de coisa.

Recentemente adquiriu um Stradivarius, que lhe custou cerca de um milhão de euros.

“Stradivarius construiu este instrumento em 1667, quando ainda era muito jovem; e pelo som que este violino emite, ele deveria estar muito apaixonado na época.”, comenta André.

Com sua música e seu Stradivarius, o mundo está agora aos pés de Rieu.

Por exemplo, no próximo ano, durante o aniversário de 700 anos de São Petersburgo, ele deverá apresentar-se diante dos líderes do mundo, em um concerto privado, onde os Presidentes Bush, Putin e outros deverão estar presentes (não temos certeza se esse concerto aconteceu realmente).

Rieu considera esse concerto de 21 de setembro, como um feliz acontecimento, pois ele foi descoberto pelo "show business" internacional justamente no Ahoy Hall.”