As Letras das Músicas

do repertório de André Rieu

8 - "Ode aan Maastricht"
Ode a Maastricht

Letra e Música: Benny Neyman (1951- 2008)
Tradução: Dolores Seidel Drefahl/Mércia Cosac

No DVD " Aus Meinem Herzen", ao final do concerto realizado na Vrijthof, em Maastricht, Benny Neyman, André e a Johann Strauss Orkest apresentaram a composição "Ode a Maastricht", sendo acompanhados em alguns trechos pela platéia..

Benny escreveu uma letra especialmente para essa ocasião, em cinco línguas: neerlandês, alemão, inglês, francês e o dialeto falado em Maastricht (Mestreechs).

Benny Neyman,  nascido em Maastricht em 1951, e infelizmente falecido no princípio de 2008, era um músico de muito sucesso, que compunha e escrevia as letras de suas canções, dentre as quais, a "Ode a Maastricht",  gravada pela primeira vez em 1979.

Colocamos aqui as duas versões: a original e a letra feita para o concerto da JSO em 2005.

"Ode aan Maastricht"
(Letra original de Benny Neyman)

Kom met me mee en flaneer,
proef die Bourgondische sfeer.
Venha passear comigo,
sentir a atmosfera da Bolonha.

Stad van traditie, van wierrock en bier,
altijd het grootste plezier.
Cidade de tradição, de incenso e cerveja,
sempre o máximo de prazer.

Stad aan de kolkende Maas,
weinig bezongen, helaas,
Cidade às margens do Maas turbulento,
pouco cantada, infelizmente.

Stad zoals jij bent, zo is er niet een.
Kom maar dan gaan we er heen!
Cidade como esta não há em outro lugar.
Então venha e vamos passear!

Kom met me mee naar Maastricht!
Stad met het oude gezicht,
Venha comigo a Maastricht!
Cidade tão antiga,

stokoude straten maar jong nog van hart,
de ruas muito antigas, mas ainda de coração jovem,

altijd een beetje apart.
sempre um pouquinho esquecida.

Stad aan de kolkende Maas,
weinig bezongen helaas,
Cidade às margens do Maas turbulento,
infelizmente pouco cantada,

zo'n zachte G als jij heeft er niet een.
Kom maar dan gaan we er heen.
Sotaque tão terno e suave você não encontrará.
Então venha e vamos passear!

Stad als er een onuigesproken gedicht,
Kom met me mee naar Maastricht!
Cidade que é como um poema difícil de exprimir.
Venha comigo a Maastricht!


"Ode aan Maastricht"

(Letra especialmente adaptada por Benny Neyman, provavelmente em parceria com André Rieu, para o concerto realizado na Vrijthof, em Maastricht, em julho de 2005)

Kom met me mee naar Maastricht!
Voor wie niet weet waar dat ligt,
Venha comigo a Maastricht!
Para quem não sabe onde fica,

ergens in het uiterste zuiden van het land,
parel van het Limburgse land.
Fica em algum lugar no extremo sul do país,
pérola do chão de Limburg.

Stad met een eigen gezicht,
door de Romeinen gesticht,
Cidade com sua identidade própria,
fundada pelos romanos,

en door den Fransen beinvloed als geen.
e pelos franceses influenciada como nenhuma outra,

Kom maar, dan gaan we er heen!
Venha, vamos juntos passear por ela!

Komm doch mal mit und flanier,
ich streun durch die Strassen mit dir.
Então venha junto comigo para passear.
E te acompanharei por suas ruas.

Stadt meiner Sehnsucht in Liebe und Schmertz,
Cidade que é minha saudade, em amor e dor,

Stadt Du triffst jeden ins Herz!
cidade que está sempre em meu coração!

Stadt meiner Mutter, mein Sein,
cidade minha mãe, minha vida,

in Dir bin ich nie allein,
com você nunca estou só,

bin ich geflohen und suchte mein Glück,
de onde um dia saí e fui buscar minha sorte,

stets kam ich zu Dir zurück.
mas aqui estou de volta.

Stadt meiner Heimat, mein Maastricht, mein Sein,
minha cidade, minha pátria, minha Maastricht, minha vida.

nie lass ich dich noch allein!
nunca mais te deixarei!

Come to my beautiful town,
Venha à minha bela cidade.

come with me, I'll show you around.
Venha comigo e lhe mostrarei tudo

Beautiful people with love in their mind,
gente bonita cheia de amor em seu coração.

leave all your troubles behind.
esqueça todos os seus problemas.

Come on, I'll show you my roots,
Venha e lhe mostrarei minhas raízes.

brush up your hair, shine your boots,
onde escovar seus cabelos, engraxar seus sapatos.

City of Romans, of history and grace,
Cidade romana, cheia de história e de graça,

It's such a beautiful place.
É um lugar tão belo

City of Maastricht, my love in my heart
Cidade de Maastricht, o amor por ti em meu coração

tells me that we'll never part
diz-me que nunca mais nos separaremos.

Viens, je t'accompagn' a Maastricht,
Venha, te acompanho a Maastricht.

Vieille, melveilleux, magnifique,
Antiga, maravilhosa, magnífica.

Pont de la Meuse, ses ruelles, son histoire
A ponte sobre o Maas, as ruelas, sua história.

Les gens heureux, les beaux arts
As pessoas felizes, as belas artes

Viens savourer, mon amour
Venha saborear, meu amor

la capitale de Limbourg
a capital de Limburg.

Viens éprouver les époques a l'ancien
Venha reviver os tempos antigos

viens je t'accompagne en chemin
venha, que te acompanho

viens déguster sa perfum, son odeur
venha sentir seu perfume, seus odores

viens je t'offir tout son coeur
venha, que te ofereço todo o seu coração.

(Trecho escrito no dialeto falado em Maastricht: o "Mestreechs"):

Kom met mie naor Mestreech
Venha comigo a Maastricht

boe ich mie luierke kreeg.
à cidade onde nasci.

hieringe biete met André Rieu
comer arenques junto com André Rieu

walse met pijn in d'n veuj!
dançar valsa até doerem os pés!

Stad van zoervleis, rommedoe
Cidade da zoervleis, do rommedoe,

Mestreech de geis op miech oet
Maastricht, lugar onde nasci

Stad zoe wies diech bis besteit 'r gein ein
Cidade como esta não há,

't Heimwee nao diech deit miech pijn.
a pátria da minha saudade.

Stad vaan 't Mooswief, de Vriethof, de wals,
Cidade do Mooswief, da praça Vrijthof, da valsa,

Paoterke Vink, Sint Servaos
do Paoterke Vink, da Basílica de Sint-Servaas

(e cantando em dueto com André):

Sins iech (we) 't ierste applaus vaan euch kreeg
Desde os primeiros aplausos de vocês,

Z'n we verleef op Mestreech,
Nós nos apaixonamos por Maastricht,

Z'n we verleef op Mestreech!
Nós nos apaixonamos por Maastricht!

Zoervleis ou zuurvlees é um prato típico de Maastricht, onde a carne é preparada de uma forma especial, e tem sabor ácido; Rommedoe é também típico de Maastricht, e trata-se de um pequeno queijo, de cheiro bastante forte.

Paoterke Vink (O capelão Vink), 't Mooswief, Vriethof e Sint Servaos são pontos de referência de Maastricht.