As Letras das Músicas

do repertório de André Rieu

46 – Waltzing Matilda

Fonte: www.andrerieutranslations.com

Versão original:
Letra escrita em 1895 pelo poeta e nacionalista A.B. (Banjo) Paterson.
Música: Christina Macpherson, composta em 1903
Tradução livre: Mércia Cosac

Há diversas versões de Waltzing Matilda; a versão mais cantada hoje pelos australianos é a de Mary Cowan.
Waltzing Matilda é a canção folclórica mais conhecida na Austrália, e a mais sugerida pela população como um hino nacional para o País.

Muito do folclore australiano está presente nesta canção e ao longo de todo o seu processo de criação, ao ponto de ter o seu próprio museu: o Waltzing Matilda Centre, localizado em Winton, Queensland.

Waltzing Matilda conta a estória de um trabalhador intinerante preparando o seu um chá em uma grosseira caneca, no campo, ao ar livre, depois de ter furtado uma ovelha para comer.
Quando o dono do animal chega acompanhado de três policiais para prendê-lo, ele se joga dentro de um pequeno lago, aparecendo e desaparecendo como um fantasma.
A canção contém muitas expressões típicas da Austrália, algumas até  raramente usadas no inglês australiano moderno, a não ser nessa canção.

“Waltzing” deriva da expressão alemã “auf der Waltz”, que significa viajar como um aprendiz de artesão e aprender técnicas novas com vários mestres, antes de retornar à sua casa, depois de três anos e um dia; um costume que é ainda muito usado entre os marceneiros. 

“Swagman” era alguém que viajava pelo país à procura de emprego; o “swag” era um cobertor, que enrolado, continha, amarrados, todos os pertences do andarilho (formava uma espécie de trouxa), que ele carregava às costas.

“Matilda” é uma expressão romântica para essa trouxa carregada por ele.

Então “to waltz Matilda” significa viajar com essa trouxa às costas, isto é: viajar com todos os seus pertences nas costas, amarrados dentro de um cobertor enrolado.
A origem exata do termo Matilda ainda está em discussão; uma delas diz que quando homens se encontravam, em suas reuniões raramente encontravam mulheres com quem dançar.
Como gostavam de dançar, eles o faziam com suas próprias trouxas, para as quais deram um nome feminino: Matilda.

Outra versão, mais aceita, é que essas trouxas eram a única companhia desses andarilhos, e assim foram personificadas como se tratando de uma mulher.

Há ainda outra explicação: que Matilda tem origem entre os imigrantes alemães, pois os soldados alemães costumavam referir-se aos seus casacos como “Matilda”, supostamente porque este os mantinha aquecidos como o faria uma mulher.
Os primeiros imigrantes alemães que saíram nessa peregrinação como aprendizes de artesãos, enrolavam seus pertences nesses casacos, e passaram a chamá-los pelo mesmo nome que os soldados costumavam usar.

Outras expressões, que possivelmente não sejam mais costumeiramente usadas, mas que são importantes para melhor compreensão da letra de Waltzing Matilda são as seguintes:

billabong  
um lago em forma de U (canal formado quando um curso de água é interrompido por este tipo de lago) encontrado ao longo de um rio que corre de forma serpenteada.

coolibah tree
uma espécie de eucalipto que cresce próximo aos “billabongs”.

jumbuck  
Uma grande ovelha difícil de tosquear, não domesticada; implica em que a ovelha não era propriedade do fazendeiro ou regularmente tosqueada, e assim, não passível de ser furtada pelo “swagman”.

billy  
uma panela para ferver água, usualmente com 2 a 3 “pints” (medida de capacidade).

tucker bag  
uma sacola para conduzir alimentos (tucker)

troopers: policiais  

squatter  
Os “squatters” australianos eram os primeiros fazendeiros, criadores de animais em terras onde não tinham legalmente o direito de usar; em muitos casos, eles adquiriram o direito de usar legalmente as terras, embora não tivessem a posse completa, vindo a enriquecer graças a essas grandes posses de terras.


Waltzing Matilda
Ou seja: “Viajando como aprendiz de artesão, com seus pertences às costas, amarrados dentro de um cobertor enrolado”


Once a jolly swagman camped by a billabong,
Uma vez um alegre swagman acampou perto de um lago,

Under the shade of a coolibah tree,
À sombra de um eucalipto

And he sang as he watched and waited 'til his billy boiled
E cantava enquanto olhava e esperava que fervesse a água em sua panela, suspensa em um tripé,

"Who'll come a-Waltzing Matilda,with me?"
Quem virá viajar com a Matilda comigo?

Waltzing Matilda, Waltzing Matilda
Viajando com a Matilda, Viajando com a Matilda

Who'll come a-Waltzing Matilda, with me
Quem virá viajar com a Matilda comigo?

And he sang as he watched and waited 'til his billy boiled
E cantava enquanto olhava e esperava que fervesse a água em sua panela, suspensa em um tripé,

"Who'll come a-Waltzing Matilda, with me?"
Quem virá viajar com a Matilda comigo?

Down came a jumbuck to drink from the billabong,
Então apareceu uma ovelha “selvagem” para beber água no lago

Up jumped the swagman and grabbed him with glee,
O homem deu um pulo e a agarrou alegremente.

And he sang as he stowed that jumbuck in his tucker bag,
E cantava enquanto escondia a ovelha em sua sacola de alimentos,

"You'll come a-Waltzing Matilda, with me".
Você virá viajar com a Matilda comigo.

Waltzing Matilda, Waltzing Matilda
Viajando com a Matilda, Viajando com a Matilda

"You'll come a-Waltzing Matilda, with me"
Você virá viajar com a Matilda comigo.

And he sang as he stowed that jumbuck in his tucker bag,
E cantava enquanto escondia aquela ovelha em sua sacola de alimentos,

"You'll come a-Waltzing Matilda, with me".
Você virá viajar com a Matilda comigo.

Up rode the squatter, mounted on his thoroughbred,
De cima apareceu o fazendeiro, montado em seu cavalo de raça,

Down came the troopers, one, two, three,
Do lado de baixo vinham os policiais, um, dois,três,

"Where's that jolly jumbuck you've got in your tucker bag?"
Onde está aquela ovelha desgarrada que você escondeu em sua sacola de alimentos?

"You'll come a-Waltzing Matilda, with me".
Você virá viajar com a Matilda comigo.

Waltzing Matilda, Waltzing Matilda
Viajando com a Matilda, viajando com a Matilda

"You'll come a-Waltzing Matilda, with me"
Você virá viajar com a Matilda comigo

"Where's that jolly jumbuck you've got in your tucker bag?"
Onde está aquela ovelha desgarrada que você escondeu em sua sacola de alimentos?

"You'll come a-Waltzing Matilda, with me".
Você virá viajar com a Matilda comigo

Up jumped the swagman, leapt into the billabong,
O swagman deu um salto e pulou dentro do lago,

"You'll never catch me alive," said he,
“Você nunca me pegará vivo”, disse ele,

And his ghost may be heard as you pass by the billabong,
E seu fantasma pode ser ouvido se você passar por aquele lago,

"Who'll come a-Waltzing Matilda, with me?"
Quem virá viajar com a Matilda comigo?

Waltzing Matilda, Waltzing Matilda
Viajando com a Matilda, Viajando com a Matilda

Who'll come a-Waltzing Matilda, with me
Quem virá viajar com a Matilda comigo?

And his ghost may be heard as you pass by the billabong,
E seu fantasma pode ser ouvido quando você passar por aquele lago,

"Who'll come a-Waltzing Matilda, with me?"
Quem virá viajar com a Matilda comigo?

Nota:
André ficou profundamente emocionado durante o concerto realizado em Brisbane, em dezembro de 2008, quando a JSO apresentava a Waltzing Matilda, não conseguindo segurar as lágrimas.